Você já se perguntou o porquê de algumas postagens funcionarem muito melhores que outras nas redes sociais? O que é necessário para fazer os resultados crescerem? A grande diferença, o que separa o joio do trigo, está na produção de conteúdo.

Para trazer luz a esse assunto e ajudar nessa difícil missão, separamos 10 dicas que vão te orientar a produzir conteúdos melhores e capazes de se conectar com a sua audiência.

1. Entenda o seu público

Para criar conexão com alguém, você primeiro tem que conhecer, não é? Muito importante para alcançar resultados, e dominar essa etapa que irá orientar todas as outras.

Saiba quem é o seu público, quais são suas necessidades e interesses. A partir disso você poderá criar uma persona (personagem semifictício que representará o seu público).

A definição da persona permite que toda a equipe visualize quais são os melhores temas e direcionar a produção de conteúdo das redes sociais.

2. Saiba qual é a linguagem que utilizam

Lembra aquelas piadas internas, que só você e seus amigos entendem? E os memes que representam vocês? Tudo isso faz com que vocês se sintam próximos, concorda? Com o seu público é a mesma coisa.

Para que eles sintam que a sua marca ou empresa faz parte do mundo deles, é importante saber:

  • Quais são os memes que mais representam eles?
  • Quais são as expressões que mais utilizam?
  • Qual é o contexto que utiliza?

Mas, cuidado para não usar as expressões fora do contexto certo, porque vai acabar transformando você no tio do pavê. Se essa for a sua estratégia, vá em frente.

Ao identificar a linguagem que a sua audiência utiliza, você poderá criar o tom de voz da marca, que irá guiar toda a comunicação.

3. Tenha pensamento estratégico

Quando for produzir os conteúdos pense no que irá agregar para a sua persona e o que poderá contribuir para a sua empresa crescer. Pergunte a si mesmo:

  • Por que a minha persona gostaria desse conteúdo?
  • O que eu ganharei com ele?
  • Esse conteúdo ajudará a persona com o seu problema?

Ter conteúdo útil para a sua audiência garantirá que eles fiquem interessados no que você tem a falar e criará autoridade. Esse é um caso em que a qualidade deve se sobressair em relação a quantidade, pois de nada vai adiantar ter vários posts se eles não contribuem na estratégia de marketing.

4. Escolha as plataformas que farão parte da sua estratégia

Existe uma infinidade de redes sociais, cada uma com propostas e formatos diferentes. Estar presente em todas é praticamente uma missão impossível e, provavelmente, algumas não vão fazer sentido a sua marca estar lá. Por isso, é importante analisar:

  • Uma grande parte do seu público está presente nela?

Saiba quais são as redes sociais que possui a maior proporção do seu público e esteja presente nas principais.

  • Em que momento ela se encaixa na sua proposta de marketing?
  • Você possui recursos para alimentar essa rede?

Quanto mais plataformas sua marca estiver presente, mais conteúdo específico deverá ser criado para manter as contas sempre atualizadas. Em vez de disseminar os seus esforços pela internet, foque nas que terão maiores chances de trazer bons resultados.

5. Mostre que por trás da tela tem um ser humano interagindo

Sabe quando você tem algum problema e tem que entrar em contato com a empresa, mas espera até o último momento pelas várias experiências ruins que já teve antes?

Assim como você, uma infinidade de pessoas já se frustrou muito com atendimento ruim. Quando for responder uma mensagem direta ou comentário lembre-se de agir de maneira pessoal, sendo educado, cordial e lembre-se que está ali para ajudar.

Tem marcas que levam esse ponto bem a sério, como é o caso da Magazine Luiza com a Magalu ou as Casas Bahias com o Baianinho. Criaram personagens para serem o porta-voz da empresa e interagir com as pessoas.

6. Saiba quais são os seus objetivos

Todo o esforço que está tendo é para quê? Fortalecer a sua marca? Criar uma comunidade engajada?

Todo o esforço que está tendo é para quê? Fortalecer a sua marca? Criar uma comunidade engajada?

Tenha objetivos e trace as estratégias para alcançá-los. Tudo o que fizer deve contribuir para alcançar esses objetivos.

7. Acompanhe as métricas

Depois de saber quais são os seus objetivos você precisa ficar de olho nas métricas. Dessa forma é possível ter o conhecimento se a produção de conteúdo para redes sociais está progredindo ou não, e no primeiro sinal que está caminhando na direção errada, você já tem como puxar as rédeas e orientar para seguir outro caminho.

A grande vantagem é que são dados obtidos através das próprias ações da sua audiência, o que contribui para o alinhamento da estratégia de marketing digital.

8. Qualidade na entrega

Sabe o que estraga qualquer bom conteúdo? Imagens e vídeos de baixa qualidade e textos com erro de português. Isso transmite uma impressão de desleixo e falta de comprometimento, que não queremos que a sua audiência tenha da sua empresa, concorda?

Na criação das imagens é importante ficar de olho quando elas são apresentadas e quando elas são postadas, pois algumas ferramentas de gestão de redes sociais baixam a qualidade da imagem.

A produção de texto deve ser sempre revisada e passar em corretores ortográficos diferentes, por que às vezes alguns erros passam despercebido do revisor e no corretor. Quando passa em outro, ele acaba pegando esses errinhos que passaram.

9. Tenha uma identidade e mantenha-se firme

Você já viu as redes sociais do Nubank? Todas as postagens o roxo é predominante, cor principal da marca. Além disso, o tom que utilizam para a comunicação é muito descontraído e jovem. Eles querem mostrar que a empresa é de tecnologia, mas são jovens e descomplicados.

A Sallve, marca de cosméticos, em todas as suas publicações as cores são suaves e transmitem leveza. A linguagem é jovem, leve e descontraída. Tudo isso para associar a marca ao momento de cuidado com a pele.

Sabe o que essas duas empresas têm em comum? Elas criaram uma identidade marcante e estão mantendo-se firme.

O que ganham com isso? Fortalecem sua presença nas mídias sociais, ou seja, quando as pessoas estão rodando o feed fica mais fácil saber de quem é esse conteúdo.

10. Aproveite as tendências para agregar na produção de conteúdo para redes sociais

Aquele meme do momento, aquela brincadeira que todo mundo está fazendo, aquele filtro que todo mundo está utilizando. Aproveite esses acontecimentos do cotidiano para pegar carona no assunto e prodizir de conteúdo para redes sociais que engaja.

Só que muito cuidado na hora de usar essas tendências para gerar conteúdo. Antes analise o contexto que está inserido para saber garantir que não há chances de ser vítima de interpretações negativas e não discriminar algo ou alguém.

Na dúvida, converse com alguém que tenha uma opinião diferente da sua e sempre escute o bom senso.

Quer saber mais o que é a gestão de mídias sociais e quais são seus benefícios? Confira nosso artigo com tudo sobre o assunto.

Deixe uma resposta

Fechar Menu